sábado, febrero 04, 2012

DRUMMOND, DRUMMOND, VAMOS TER QUE COMBINAR!



"Quando encontrar alguém e esse alguém fizer seu coração parar de funcionar por alguns segundos, preste atenção: pode ser a pessoa mais importante da sua vida.

Se os olhares se cruzarem e, neste momento,houver o mesmo brilho intenso entre eles, fique alerta: pode ser a pessoa que você está esperando desde o dia em que nasceu.

Se o toque dos lábios for intenso, se o beijo for apaixonante, e os olhos se encherem d’água neste momento, perceba: existe algo mágico entre vocês.

Se o primeiro e o último pensamento do seu dia for essa pessoa, se a vontade de ficar juntos chegar a apertar o coração, agradeça: Deus te mandou um presente: O Amor.

Por isso, preste atenção nos sinais - não deixe que as loucuras do dia-a-dia o deixem cego para a melhor coisa da vida: O AMOR".
Carlos Drummond de Andrade.





Diz aí Drummond, e se o coração deste alguém não parar de “funcionar por alguns segundos” como o meu?

E se no olhar, houver o “mesmo brilho intenso entre eles”, e for somente tesão ou amizade? Ele pode até ser a pessoa que estou esperando desde o dia em que nasci, mas, e se eu for apenas mais uma: “ah se eu te pego”, como vai ser Drummond?


Então se o “toque dos lábios for intenso, se o beijo for apaixonante e os olhos se encherem d'agua”... percebo: existe algo mágico sim:
“Então tá combinado, é quase nada
É tudo somente sexo e amizade.”

E daí se o “primeiro e último pensamento do dia” for a “bendita” pessoa e se a “vontade de ficar juntos, chegar a apertar o coração”, podes Drummond, garantir ser “AMOR”?


Modernista você? Alma romântica!


Então “Tá combinado” Carlos Drummond de Andrade! As loucuras do dia a dia deixaram-me cega,
os “SINAIS” mudaram muito,
e para saber se é amor ou mera “combinação”,
vou ter que nascer de novo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...